Zona Azul por celular começa a funcionar nesta segunda em SP

A partir desta segunda-feira, os motoristas que circulam pela capital já poderão utilizar aplicativos de celular para fazer o pagamento da Zona Azul e pagar com cartão. Para usar o novo sistema, é preciso primeiro baixar um dos três aplicativos: Estacionamento Eletrônico e Digipare, compatíveis com o sistema Android, ou o Vaga Inteligente, para Android e iOS.

Nos aplicativos, é necessário fazer um cadastro com login (CPF/CNPJ), senha, dados cadastrais e placa do veículo. A mesma pessoa pode cadastrar várias placas. Ao estacionar, o motorista deve e informar no sistema a placa do carro e o quanto quer comprar de tempo. Se o período vencer, ele poderá repor seus créditos a distância, pelo celular. Um alarme pode avisá-lo quando o tempo estiver acabando

O preço é o mesmo: R$ 5 por período, até 4 horas. Dez cartões digitais custam R$ 45. O pagamento, por enquanto, só pode ser feito com cartão de crédito. Os talões de papel continuam valendo.

Para fiscalizar as vagas, serão utilizados equipamentos eletrônicos que possibilitam verificar o registro digital. O agente digita a placa do veículo e é informado se houve a ativação de crédito para aquela placa, inclusive por qual período.

A prefeitura planeja, para uma segunda etapa, a implantação da compra dos créditos digitais em pontos de venda, como bancas de jornal. Assim, o usuário não precisará de celular ou internet para utilizar o sistema digital. Deverá apenas informar ao estabelecimento comercial a placa do veículo e adquirir o crédito, sem ter que retornar à vaga.