Acidente em metrô do Rio deixa morto e interrompe a circulação

Um homem morreu e outros dois ficaram feridos em um acidente provocado por um caminhão que invadiu os trilhos da linha 2 do metrô do Rio, na tarde desta terça (12). O morto foi identificado pelos bombeiros como Fábio M. Pereira, 36. Os feridos foram José Heron V. Fonseca, 59, e João B. Fortunato, cuja idade não foi informada pelos oficiais que atenderam as vítimas.

O acidente aconteceu quando um caminhão que circulava pela avenida Pastor Martin Luther King, uma das principais da zona norte do Rio, bateu no muro de proteção da linha férrea e invadiu os trilhos, entre as estações Inhaúma e Engenho da Rainha.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram duas vítimas embaixo do caminhão parado sobre os trilhos do metrô, com as rodas dianteiras danificadas pelo impacto da batida. Uma das vítimas está imóvel sob o veículo e a outra movimenta os braços. Na gravação, um segurança da Metrô Rio, concessionária responsável pelo serviço de trens urbanos, pede para que os curiosos se afastem dos trilhos.

Os feridos foram encaminhados para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier.O serviço de trem em toda a linha 2 precisou ser interrompido devido ao acidente. O caminhão foi retirado apenas no início da noite, após a realização de perícia no local.

Na tarde de segunda (11), uma passageira do sistema de trens metropolitanos do Rio teve parte do braço direito dilacerado quando tentava embarcar em uma composição na estação Penha Circular, zona norte da cidade. A vítima foi identificada pelos bombeiros como Jeyse Moraes de Souza. O caso ocorreu por volta das 15h e, segundo a versão da Supervia, empresa que opera o serviço de trens no Rio, Jeyse caiu no espaço entre o trem e a plataforma quando embarcava com destino à Central do Brasil.