Anac recomenda chegar 2 horas antes em voos nacionais após manhã caótica

Os passageiros precisam chegar com duas horas de antecedência nos aeroportos brasileiros para embarcar nos voos nacionais, de acordo com nova recomendação divulgada nesta segunda-feira (18) pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Até então, a antecipação era de uma hora e meia.

A nova orientação ocorre após os transtornos registrados nesta manhã nos aeroportos brasileiros, principalmente no de Congonhas, na zona sul de São Paulo, com as novas regras para embarque em voos domésticos.

Nas primeiras horas da manhã, os passageiros enfrentaram longas filas de embarque antes de chegar à área do raio-X. A fila dava volta em todo o saguão do aeroporto até o passageiro conseguir passar o cartão de embarque. Após superar essa primeira etapa, os passageiros ainda tiveram problemas para passar pelo raio-X. Os passageiros informaram que a revista estava muito demorada devido ao novo protocolo de segurança.

Com as novas regras, os passageiros devem retirar o notebook e outros dispositivos eletrônicos da bagagem de mão, deixando-os em outra bandeja ao passar pelo raio-X. A justificativa é que o computador portátil dificulta a visualização no raio-X do interior da bagagem. As malas de mão também podem ser inspecionadas por agentes dos aeroportos. Antes de entrar nas salas de embarque de voos domésticos, os passageiros podem ser submetidos a uma revista corporal  -o método para seleção de quais passageiros serão submetidos à revista não foi divulgado.