Polícia prende mais três pessoas por assalto à Prosegur de Santos

SÃO PAULO, SP, 19.08.2016: ROUBO-SP - Coletiva no DEIC - A Polícia Civil de São Paulo prendeu mais um suspeito de participar de um mega-assalto a uma transportadora de valores em Santos, no litoral sul paulista, que deixou três mortos e um ferido. A prisão do pintor Fabrício de Carvalho Gomes Castro, 31, aconteceu nesta quinta-feira (18) no Jardim Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, pelo policiais da força-tarefa do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais). No local, a polícia apreendeu seis fuzis, um rifle.50 com capacidade de derrubar aeronaves, além de explosivos, coletes balísticos e munições. O material estava dentro de um utilitário de luxo importado. (Foto: Mario Angelo/Sigmapress/Folhapress)
Único jornal diário gratuito no metrô

Três pessoas foram presas nesta terça-feira (30) acusadas de participação no assalto a uma transportadora de valores em Santos, no litoral de São Paulo. Em julho, duas pessoas já tinham sido presas pelo mesmo crime e, no dia 19 de agosto, um terceiro suspeito de participação no assalto também foi preso.

Os nomes dos presos não foram divulgados, mas a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que dois deles foram presos na zona leste da capital paulista e um em Caraguatatuba, litoral de São Paulo.

A Justiça decretou que eles ficarão presos temporariamente por 30 dias. Os três foram encaminhados para o 5º Distrito Policial de Santos e vão responder pelos crimes de roubo e latrocínio. A secretaria não revelou se ainda há foragidos.

O assalto à empresa Prosegur, na cidade de Santos, ocorreu na madrugada de 4 de abril e terminou com dois policiais e um morador de rua mortos. Houve perseguição e a Via Anchieta, que liga a capital paulista ao litoral, teve de ser interditada.