Grêmio sofre, mas ganha nos pênaltis do Atlético-PR

MARINHO SALDANHA
PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) – Não foi a estreia que Renato Gaúcho esperava. Nesta quarta-feira (21), em casa, o Grêmio ouviu vaias dos presentes ao perder para o Atlético-PR por 1 a 0 para o Atlético-PR, igualando o placar feito pelos gaúchos em Curitiba. A decisão da vaga nas quartas de final da Copa do Brasil foi para os pênaltis e o time gaúcho acabou vencendo por 4 a 3, com duas defesas de Marcelo Grohe.
Dois nomes podem ser sublinhados como vilões da noite gremista. O primeiro é Henrique Almeida, que logo aos 4 minutos perdeu uma chance clara de gol. Em seguida, repetiu erros e foi sacado aos 19 min da etapa final. Só que quando ouviu as vaias da torcida, fez gestos obscenos aos aficionados, gerando revolta. O segundo é Marcelo Grohe, que aos 30 do primeiro tempo rebateu um chute sem grande força nos pés de André Lima. O centroavante – de boa atuação – só colocou na rede.
Foi o quinto jogo do Grêmio sem fazer gol. Sétimo sem vitória levando-se em conta o Brasileiro e a Copa do Brasil. Por isso, a torcida mostrou-se impaciente, vaiando em muitos momentos do jogo.
O jogo estava aparentemente controlado. O Grêmio tinha certo controle e as melhores chances do duelo. Até que um chute fraco no meio do gol foi rebatido por Marcelo Grohe. André Lima aproveitou-se da falhar e marcou o gol que tirou a vantagem conquistada pelos gremistas em Curitiba. Só que, nos pênaltis, Grohe se redimiu e brilhou ao fazer defesas em sequência.
O sorteio das quartas de final da Copa do Brasil que definirá os próximos jogos será realizado na sexta-feira (23). Pelo Brasileiro, o Grêmio encara a Chapecoense no domingo (25), enquanto o Atlético-PR terá pela frente a Ponte Preta.
GRÊMIO
Grohe; Edílson, Geromel, Marcelo Oliveira; Maicon, Walace e Douglas; Pedro Rocha (Batista) , Luan e Henrique Almeida (Guilherme). T.: Renato Gaúcho
ATLÉTICO-PR
Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André e Thiago Heleno; Léo, Otávio, Hernani, Pablo (João Pedro) e Nicolas; Luan (Juninho) e André Lima (Marcos Guilherme). T.: Paulo Autuori
Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Árbitro: Vinícius Furlan
Gol: André Lima, aos 30 minutos do 1º tempo
Cartão amarelo: Henrique Almeida (G)
Renda: R$ 339.795,00
Público: 13.909