Palácio de Buckingham deve passar por reforma de R$ 1,5 bi por 10 anos

O Palácio de Buckingham, um dos principais cartões-postais de Londres e residência oficial da rainha Elizabeth 2ª, deve passar por uma reforma que custará £ 369 milhões (mais de R$ 1,5 bilhão).
As obras devem durar dez anos e têm como objetivo restaurar os sistemas de canos, cabos e aquecedores do Palácio, que não foram trocados desde a Segunda Guerra. A reforma não será perceptível do exterior do prédio e a monarca britânica seguirá vivendo ali.
“Esses trabalhos urgentes foram devidamente custeados e garantirão que o palácio possa seguir sua tradição centenária de ser a residência funcional da nossa monarquia”, disse o chefe do Tesouro britânico, David Gauke.
A realização da reforma, programada para começar em abril de 2017, depende de autorização do Parlamento. Construído no século 17, o Palácio de Buckingham atrai milhares de turistas todos os anos.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

 

Único jornal diário gratuito no metrô