Governo atrasa pagamento de parcela do seguro-desemprego

Trabalhadores desempregados estão sem receber a parcela do seguro-desemprego de janeiro. Os afetados são aqueles que poderiam sacar o benefício a partir do último dia 11. Ao se dirigirem à Caixa, foram informados de que o valor não foi depositado pelo governo.

Procurado, o ministério do Trabalho afirmou à reportagem que o motivo é a correção do valor do benefício, que ocorre todos os anos no mês de janeiro, acompanhando o ajuste do salário mínimo. O aumento do mínimo para R$ 937 foi anunciado no dia 29 de dezembro. No dia 11, o teto da parcela do seguro foi reajustado em R$ 101,48, para R$ 1.643,72. As demais faixas de seguro-­desemprego não foram corrigidas.

Ainda de acordo com o ministério, o valor para pagar o seguro dos trabalhadores com direito a receber até o dia 10, sem reajuste, foi transferido para a Caixa em dezembro do ano passado.

No entanto, o governo ainda não fez a transferência dos valores corrigidos, que deveriam ser pagos a partir do dia 11. Esses valores devem estar disponíveis para saque na Caixa a partir desta terça-feira (17), segundo o ministério do Trabalho.