Por decisão do STJ, ex-goleiro Edinho ganha a liberdade após seis dias preso

SANTOS, SP, 02.03.2017: EDINHO-PRISÃO - Ex-goleiro Edson Cholbi do Nascimento, filho de Pelé, que estava preso desde a última sexta-feira (24) na cadeia anexa ao 5º Distrito Policial de Santos, no litoral de São Paulo, é libertado na tarde desta quinta-feira. A prisão de Edinho foi suspensa pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Antonio Saldanha, na tarde de quarta-feira (1º). (Foto: Fernanda Luz/A Tribuna de Santos/Folhapress)

O ex-goleiro Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, deixou a cadeia do 5º DP de Santos, no litoral de São Paulo, no fim da tarde desta quinta-feira (2), após decisão do ministro Antonio Saldanha Palheiro, do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Edinho, que é filho de Pelé, estava preso desde a última sexta (24) pelos crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. Ele foi condenado, em primeira instância, a 33 anos e quatro meses de prisão, mas após recurso a pena foi reduzida para 12 anos, dez meses e 15 dias de prisão.

Para determinar a soltura do ex-jogador, o ministro do STJ considerou que sua defesa ainda não esgotou todas as possibilidades diante dos tribunais e que, por isso, ele não deve ficar encarcerado.

“[Edinho] deverá aguardar em liberdade o julgamento final deste habeas corpus ou o exaurimento da instância ordinária, salvo se por outro motivo estiver preso”, afirmou o ministro. Ao deixar a cadeia, Edinho disse à GloboNews que está feliz e aliviado com a decisão do STJ. “Não existe lavagem de dinheiro, nunca existiu”, disse.

O ex-jogador é acusado de ajudar em operações financeiras de Ronaldo Duarte Barsotti, o Naldinho, apontado como um dos maiores traficantes da região da Praia Grande. Naldinho está sumido, sendo considerado foragido.