Prefeitura de SP pretende instalar 800 banheiros públicos na cidade

O prefeito João Doria anunciou nesta quinta-feira (9) que a prefeitura pretende instalar 800 banheiros públicos em praças e locais com grande circulação de pessoas. Os equipamentos serão construídos e mantidos por meio de concessão pública: empresas privadas ficarão responsáveis pelo serviço, em troca da permissão para explorar espaços publicitários. Os primeiros modelos estão em teste no Largo do Arouche e na Praça Dom José Gaspar, no Centro.

“Há meio século não se fazem banheiros públicos na nossa cidade. Agora nós vamos fazer em praças e áreas públicas, sem prejudicar a circulação de pessoas e permitindo o acesso ao conforto e à dignidade de ter um banheiro de qualidade”, afirmou o prefeito Doria, em vistoria ao equipamento instalado do Largo do Arouche.

Os modelos atualmente em teste são ligados à rede de água e esgoto, ou seja, não são banheiros químicos. Possuem vaso sanitário e lavatório com espelho, além de sabonete, papel higiênico e toalha.  A empresas responsáveis pelos testes registram uma média de 200 a 300 utilizações por dia e um baixo índice de vandalismo.