Uber será obrigada a ter identidade visual, avisa secretário de São Paulo

Os carros da Uber e de outros aplicativos de transporte individual serão obrigados a ter identidade visual e pagar à Prefeitura de São Paulo pelo uso das ruas e avenidas da capital, de acordo com secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda. Os motoristas também terão que comprovar que conhecem a capital, fazer treinamento de direção defensiva, e provar que a manutenção dos veículos está em dia, assim como os mais de 30 mil taxistas do município fazem há décadas.

As novidades foram apresentadas na sexta-feira (19), na Câmara dos Vereadores, durante a Audiência Pública do PL 55/2017, de autoria do vereador Adilson Amadeu (PTB). O evento contou com 1,2 mil pessoas, que acompanharam as discussões das galerias do plenário e do Auditório Freitas Nobre. O grupo foi informado de que as novas regras começam a valer a partir de junho.

“Apresentamos algumas diretrizes e ouvimos uma série de contribuições no dia de hoje. A ideia é permitir ao usuário reconhecer que aquele carro é de aplicativo e está devidamente credenciado”, disse o secretário da gestão João Doria (PSDB).