Usuários de droga deixam praça conhecida como ‘nova cracolândia’

Os usuários de droga que se concentravam há exatamente um mês na praça Princesa Isabel, na região central de São Paulo, deixaram o local, na noite desta quarta-feira (21), e retornaram para uma área próxima a que ocupavam antes da operação policial do dia 21 de maio.
A polícia não sabe dizer o que motivou o deslocamento dos usuários. Segundo policiais militares, ela foi espontânea e teve início por volta das 22h.

A concentração agora é no cruzamento da rua Helvétia com a alameda Cleveland, a uma quadra do antigo ‘fluxo’, onde já é possível encontrar centenas de pessoas na praça em frente à estação Júlio Prestes da CPTM.
Segundo um usuário no local, a saída da Princesa Isabel ocorreu porque a situação lá está ruim. Outro diz que é por causa da limpeza diária realizada pela prefeitura.

Um guarda civil que falou com a reportagem afirmou que a mudança se deu porque, com a fiscalização da GCM (Guarda Civil Metropolitana) e da Polícia Militar, os frequentadores não estavam mais conseguindo montar as tendas para comércio e consumo de drogas.
Nem usuários nem policiais souberam dizer, no entanto, se foi uma decisão coletiva. Apenas relataram que os usuários migraram para o novo local, a uma quadra do antigo fluxo na alameda Dino Bueno.

Foto: Nelson Antoine/Folhapress