Casos de estupros e roubos de carga em São Paulo crescem mais de 35% em maio

Os casos de estupro e roubos de carga no Estado de São Paulo tiveram um novo aumento no mês de maio deste ano, segundo dados divulgados pelo governo de São Paulo na tarde desta segunda-feira (26). O crescimento foi de 38,07% no primeiro caso e 37,3% no segundo.

Em maio de 2017, o Estado registrou 943 estupros, 260 registros a mais que em maio de 2016, que teve 683 casos. No caso dos roubos de carga, foram 939 registros -255 a mais que em 2016, quando 684 roubos foram registrados. Por outro lado, os homicídios sofreram leve queda de 1,8% neste mês de maio em comparação a maio de 2016. O número de vítimas caiu de 278 para 273.

De acordo com o secretário da segurança Mágino Alves Barbosa Filho, a dificuldade em combater os roubos de carga está no fato de serem crimes de “oportunidade” e realizados no período noturno.

O governo também destacou um aumento no número de prisões, com 17.255 casos. O número absoluto é considerado recorde na série histórica.