Mesmo fraco, La Niña pode aumentar chuvas em São Paulo durante o verão

O verão começa pontualmente às 14h28 (horário de Brasília) desta quinta-feira (21), e as previsões meteorológicas não são surpreendentes para o paulistano: tempo abafado com chuvas intensas à tarde.
O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) espera para 2018, contudo, mais regularidade nas precipitações: devido ao La Niña, que causa efeitos no Brasil desde o início da primavera, as chuvas no Sudeste do país deverão ser contínuas e poderão se estender por períodos de até cinco dias -o que, no caso de grandes centros como São Paulo, pode gerar inundações e enchentes.
Geralmente menos prejudicial que seu correlato El Niño, o fenômeno climático caracteriza-se por temperaturas abaixo da média na superfície do oceano Pacífico equatorial. De ocorrência incerta (pode aparecer a cada dois ou sete anos), o La Niña chegou ao país com intensidade fraca. Mesmo assim, ele influenciou bastante as condições no Sul do país, que enfrentou fortes chuvas em novembro.
O La Niña favorecerá a formação sobre o Sudeste do sistema meteorológico conhecido por Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), cuja principal característica é a ocorrência de chuvas por vários dias.
Mesmo assim, a previsão do Inmet para a capital paulista não prevê níveis de precipitação para os três primeiros meses do ano muito acima das médias históricas medidas pelo Instituto de Astronomia e Geofísica da USP: é esperado que a média mensal oscile entre 173 e 249 mm -nas medições da estação da USP, os números de dezembro a março variam entre 164 e 231 mm.

TEMPERATURA
De acordo com o instituto, as temperaturas máximas médias em São Paulo orbitarão entre 27°C e 28°C durante o verão.
Para quinta-feira, o primeiro dia da estação, a expectativa é de um dia nublado com pancadas de chuva, e os termômetros deverão variar de 19°C a 28°C -a previsão é parecida para sexta (22). O sábado (23) deve ser mais quente: a máxima esperada é de 31°C.
Para as festas de Natal, a previsão é chuva. Segundo o CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), nuvens carregadas são esperadas no domingo (24) e na segunda-feira (25) -no dia do feriado, a temperatura cai sensivelmente e o pico de calor deve marcar 21°C.

(Folhapress)
Foto: Zanone Fraissat/Folhapress