Eduardo Tuma vai presidir Câmara Municipal de SP

Os vereadores de São Paulo elegeram Eduardo Tuma (PSDB) como novo presidente da Câmara Municipal, neste sábado, com votos de 51 dos 55 parlamentares. Atual vice-presidente da Casa, o tucano assume mandato de um ano, com possibilidade de reeleição.

Só não teve votos do vereador Fernando Holiday (DEM), que se lançou candidato para marcar a posição de seu grupo, o Movimento Brasil Livre (MBL), e da bancada do PSOL – os dois vereadores faltaram à sessão. Houve ainda uma abstenção.

Tuma, que assume em janeiro, deve tocar a Câmara em um ano em que serão discutidos projetos que irão mexer com o patrimônio pessoal dos cidadãos, movimentando milhões. Em 2019, está prevista a votação da revisão da Lei de Zoneamento, que pode alterar as possibilidade de uso de terrenos e imóveis da cidade e, consequentemente, seus preços.