Bombeiros localizam corpo na área do almoxarifado da Vale em Brumadinho

Bombeiros de Minas Gerais localizaram um corpo na área onde funcionava o almoxarifado na área onde funcionava o setor administrativo da Vale em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte.
O local foi atingido pela lama que vazou da barragem de rejeitos da Mina Córrego do Feijão, que se rompeu no dia 25 de janeiro. O porta-voz da corporação, tenente Pedro Aihara, disse que o corpo foi levado nesta quinta-feira (21) para o Instituto Médico-Legal (IML) para que seja feita a identificação.
Segundo Aihara, os bombeiros estão trabalhando lá desde o fim da tarde de ontem (20) e há possibilidade de que outros corpos sejam encontrados na área do almoxarifado. “A gente já retirou um corpo do local e deve retirar mais corpos em breve, mas ainda depende das escavações. Como a estrutura está parcialmente destruída, a gente tem um carreamento de estrutura de corpos que estão na lama. Só quando a gente fechar a escavação é que vai ter este tipo de dado”, afirmou Aihara. Ele disse que, por isso, ainda não é possível saber quantos corpos podem ser encontrados naquela área.
De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros, foi possível identificar que se tratava da área do almoxarifado por meio do cruzamento de dados com os pontos já referenciados do local e das escavações que já tinham começado a ser feitas. Além da área do almoxarifado, os bombeiros estão com escavações em seis frentes de buscas em toda a região que foi atingida pelo rompimento da barragem.

Foto: Ricardo Stuckert / Fotos Públicas