Pela primeira vez, SP não tem regiões na fase vermelha do Plano São Paulo

A secretária estadual de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, Patricia Ellen, anunciou a 11ª atualização do Plano São Paulo, de quarentena heterogênea, e afirmou que esta é a primeira vez que nenhuma região do Estado se encontra na fase 1 vermelha do plano, a mais restritiva. Segundo Ellen, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, cinco regiões progrediram de fase ao passo que duas retrocederam.

Estão na fase 3 amarela as regiões da Grande São Paulo, Taubaté, Campinas, Sorocaba, Bauru, Piracicaba, Araraquara, Ribeirão Preto, Barretos e Araçatuba. Segundo Ellen, 88,3% da população estadual mora em regiões nesta fase

Na fase 2 laranja estão as regiões de Marília, Registro, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Franca e São João da Boa Vista.

Nenhuma região se encontra nas fases 2 verde ou 1 azul.