Fenômeno da chuva escura não deve mais atingir SP

O fenômeno da chuva escura, resultado do encontro das nuvens se encontram com a fuligem de queimadas, não deve ocorrer na cidade de São Paulo. De acordo com o Climatempo, a atmosfera ficou “limpa” por causa da chuva nos últimos dias.

Especialistas apontam que as partículas na atmosfera vêm da região do Pantanal, que tem sofrido com grande número de incêndios nas últimas semanas.

Na sexta-feira, 18, e sábado, 19, o céu da cidade ficou laranja por causa da mistura de fumaça e névoa. Em 19 de agosto do ano passado, às 15h, o fenômeno da chuva escura ocorreu e fez o dia virar noite. Para especialistas, não havia dúvida de que a coloração foi causada pela fumaça de incêndios em florestas. Isso porque na amostra havia quantidade importante de reteno, material que só é formado quando há queima de biomassa – árvores, troncos e matas, por exemplo.