Share
Justiça impede prefeitura de interditar  e demolir sem aviso na cracolândia

Justiça impede prefeitura de interditar e demolir sem aviso na cracolândia

A Justiça de São Paulo concedeu, na tarde desta quarta-feira (24), uma liminar (decisão provisória) contra a remoção de moradores e demolição compulsória de imóveis na região da cracolândia, no centro de São Paulo, como tem sido promovido pela gestão João Doria (PSDB) nos últimos dias.

A decisão da 3ª Vara de Fazenda Pública, após solicitação da Defensoria Pública, e estipula multa diária de R$ 10 mil caso a prefeitura promova a remoção, interdição e demolição. “A demolição de algumas casas foi executada (…) apesar da presença de moradores, aos quais não foi conferida a oportunidade, conforme alegado pela autora, de retirada de objetos pessoais, documentos, tampouco foram orientados ou encaminhados a programas sociais de habitação e saúde”, aponta a decisão.

Na terça-feira (23), a reportagem falou com comerciantes que tiveram que tiveram prazos de um, duas horas para retirar todos os pertences dos seus estabelecimentos e outros que tiveram os imóveis emparedados para demolição com tudo ainda dentro.

1 Comentário neste post

  1. Souza Alves

    O maior problema de nosso país, em todas as esferas, com certeza é o J U D I C I À R I O….Eles pensam que são os senhores absolutos e que podem mandar e desmandar nas decisões do executivo e legislativo……além de tudo, são arrogantes e, como disse o então ministro Gilmar Mendes: NÓS SOMOS SUPREMOS…..O Judiciário necessita de reformulações e atualizações URGENTES……!!!

    Responder

Deixe seu Comentário