Share
Coreias vão desfilar unificadas na abertura da Olimpíada de Inverno

Coreias vão desfilar unificadas na abertura da Olimpíada de Inverno

Os governos da Coreia do Sul e do Norte entraram em acordo e as delegações dos dois países vão desfilar unidas na cerimônia de abertura da Olimpíada de Inverno sob uma bandeira que mostra a península unificada.
Em comunicado conjunto divulgado nesta quarta-feira (17), os dois países anunciaram ainda que o time feminino de hóquei no gelo será unificado.
Na restante das modalidades, os países competirão separados. Até o momento, há dois atletas norte-coreanos confirmados, os patinadores, Ryom Tae-ok e Kim Ju-sik.
Além dos atletas, a delegação norte-coreana também incluirá 550 pessoas, sendo 230 animadoras de torcida, 140 artistas e 30 atletas do Taekowndo, que farão uma demonstração.
A competição acontecerá entre 9 e 25 de fevereiro na cidade sul-coreana de PyeongChang.

ACORDO
O acordo entre Pyongyang e Seul começou a ser negociado após o ditador norte-coreano Kim Jong-un expressar em seu discurso de Ano Novo no dia 1º sua intenção de liberar os atletas para participarem da competição.
Seul respondeu elogiando a declaração e convidando a Coreia do Norte para um encontro no dia 9, no qual foi confirmada a participação. Representantes dos dois países tiveram uma nova reunião nesta quarta para acertarem os detalhes.
Não será a primeira vez que os dois países irão desfilar sob uma bandeira unificada.
A prática era comum durante a primeira metade dos anos 2000, acontecendo nas Olimpíadas de Verão de Sidney-2000 e de Atenas-2004, assim como em edições de Inverno, mas foi interrompida em 2007, após a piora na relação entre os vizinhos.

(Folhapress)
Foto: Amy Sancetta/Associated Press

Deixe seu Comentário