Share
Suspeita de matar vizinha por disputa de vaga de emprego se entrega em SP

Suspeita de matar vizinha por disputa de vaga de emprego se entrega em SP

A suspeita de matar a facadas a auxiliar administrativa Erica Oliveira da Silva, 24 anos, por causa de uma suposta disputa de vaga de emprego, sábado, em Santos (72 km de SP) se entregou à polícia na terça (16). Ela disse que agiu em legítima defesa e não se recorda de ter esfaqueado Erica.
A aut√īnoma Ang√©lica da Cruz, 27, disse que no dia do crime estava em sua barraca de jaca, perto da casa da v√≠tima, quando Erica e mais tr√™s irm√£s foram at√© o local. A suspeita diz que a v√≠tima e as irm√£s passaram a xing√°-la e agredi-la, al√©m de estarem com facas. Ang√©lica afirmou aos policiais que pegou uma faca para se defender, mas que n√£o se recorda de ter esfaqueado Erica.
Al√©m de Erica, duas irm√£s dela tamb√©m foram feridas por facadas. Ang√©lica tamb√©m nega essas agress√Ķes.
A aut√īnoma disse em depoimento que n√£o tinha inveja da v√≠tima e que foi na empresa dela deixar um curr√≠culo, mas para outro cargo.
A pol√≠cia investiga a vers√£o, mas n√£o tem d√ļvidas de que Ang√©lica foi a respons√°vel pelas facadas. Agora quer saber se os familiares dela ajudaram no crime. Segundo uma irm√£ das v√≠timas, que n√£o foi ferida, o pai de Ang√©lica teria segurado Erica, enquanto a filha a esfaqueava. O pai negou a acusa√ß√£o.

(Folhapress)
Foto: √Črica e a irm√£ D√©bora em Santos, SP. (Arquivo Pessoal)

Deixe seu Coment√°rio