Share
Posto de Saúde é assaltado e suspende atendimento

Posto de Saúde é assaltado e suspende atendimento

A UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Nova Jaguaré, no bairro do Jaguaré, zona oeste de São Paulo, ficou parcialmente fechada na manhã desta quinta-feira. A unidade foi alvo de bandidos que entraram e furtaram o posto durante a madrugada.
A polícia ainda não tem pista sobre os suspeitos que comandaram a ação criminosa na unidade. Durante a ação, os assaltantes levaram 11 computadores, um deles sem monitor.
Por conta do furto na UBS, o atendimento à população da região oeste da capital foi prejudicado, fazendo com que quem fosse até a Vila Nova Jaguaré tivesse de ser encaminhada para outras unidades de saúde.
Na parte da manhã, apenas apenas os setores de vacinação e medicamentos abriram normalmente na UBS, com os outros setores permanecendo fechados para que a polícia pudesse fazer a perícia no local.
Quem chegava à unidade, era informado pelos seguranças de que os atendimentos estavam suspensos e de que a unidade voltaria a funcionar na parte da tarde.
Isto porque, além do furto de materiais importantes para o funcionamento da unidade, era preciso reorganizar o local, que contava com lixo espalhado e cadeiras fora do lugar.
“Cheguei lá por volta das 9h e dei com a cara no portão”, afirma o segurança Josemir Gonçalves Costa, 30.
“Fui levar minha filha Alice, de 2 anos, que está gripada e com a garganta muito inflamada, mas a UBS estava fechada. Me disseram que ela havia sido assaltada. É complicado. Tive de levar a minha filha para outra UBS, na Lapa. É um absurdo”, relata o segurança.

OUTRO LADO – “Ninguém foi dispensado”
A Secretaria Municipal de Saúde, sob gestão Bruno Covas (PSDB), disse que às 7h, horário de abertura da unidade, quem aguardava para ser atendido foi informado sobre o arrombamento e consequente furto da UBS.
Assim, seria necessário aguardar que os funcionários colocassem o local em ordem por conta da invasão.
A pasta afirmou que ninguém foi dispensado. Que apenas foram informados do que havia acontecido. E que, por conta disso, alguns pacientes disseram que voltariam mais tarde para passar pelo atendimento.(TB)

(Folhapress)
Foto: Divulgação/Wikimedia Commons

Deixe seu Comentário