Share
Preço médio do cafezinho em São Paulo é de R$ 3,05, aponta pesquisa

Preço médio do cafezinho em São Paulo é de R$ 3,05, aponta pesquisa

O cafezinho servido em restaurantes, lanchonetes e padarias custa, em média, R$ 3,20 no país, segundo pesquisa a Pesquisa do Preço Médio da Refeição 2018, divulgada pela Sodexo Benefícios e Incentivos. Em São Paulo, ele custa um pouco menos: R$ 3,05.
Entre as cidades da Grande São Paulo e do ABC em que a pesquisa foi feita, o tradicional cafezinho servido após o almoço é mais caro em Barueri, onde custa R$ 3,89.
A cidade da região metropolitana de São Paulo também tem a refeição mais cara; lá, o trabalhador gasta R$ 38,20 pela refeição com prato, sobremesa, bebida e café.
O local onde o cafezinho é mais barato é a cidade de Diadema, onde o preço médio apurado é de R$ 2,74.
Por região do país, o lugar onde se paga mais caro pelo cafezinho é no Nordeste, cujo valor médio é de R$ 3,34.
O levantamento da Sodexo mostra ainda que 86% dos estabelecimentos servem café. Desses, metade oferece o produto como cortesia, sem cobrar.
No total, foram visitados 4.587 estabelecimentos em 51 cidades, sendo 23 capitais, distribuídas nas cinco regiões do país em 2017, segundo a Sodexo.
De acordo com dados da Abic (Associação Brasileira da Indústria de Café), o Brasil é o segundo maior consumidor de café do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.
No ano passado, o consumo interno de café no país foi estimado em 21,5 milhões de sacas, que correspondem a aproximadamente 1,07 milhão de toneladas. No caso dos Estados Unidos, o total consumido em 2017 foi em torno de 25,8 milhões de sacas de café.
O consumo no Brasil deverá se aproximar do volume dos EUA até o ano 2021, quando deverá atingir 25 milhões de sacas, conforme projeções da associação.

INFLAÇÃO
De acordo com dados do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de abril, o preço do café está em queda no país.
Nos últimos 12 meses, o café moído ficou 3,81% mais barato. Mas em São Paulo o item teve alta de 1,07%.

(Folhapress)
Foto: Ciete Silvério/A2img/Fotos Públicas

Deixe seu Comentário