Share
Em reencontro com Valdivia, Corinthians encara Colo-Colo no Chile na Libertadores

Em reencontro com Valdivia, Corinthians encara Colo-Colo no Chile na Libertadores

Na luta para manter vivo o principal objetivo na temporada, a conquista da Copa Libertadores, o Corinthians vai reencontrar um velho conhecido na partida contra o Colo-Colo, às 21h45 desta quarta-feira (8), em Santiago. O meia Valdivia é a estrela do time chileno e terá mais um capítulo para contar de sua história cercada de polêmicas dos tempos de Palmeiras.

O Mago, como era conhecido quando jogou no Brasil, enfrentou 15 vezes o Corinthians, sempre com a camisa do Palmeiras, e soma cinco vitórias, cinco empates e cinco derrotas. Fez apenas um gol, em 2008, quando comemorou fazendo um “chororô”, em provocação ao zagueiro William, que na época disse que ele era “chorão”.

O Corinthians evita falar do meia e destaca a importância em conseguir um bom resultado no primeiro jogo das oitavas de final “Esperamos um jogo complicado e sabemos que o Colo-Colo é um jogo difícil. Mas estamos preparados para conseguir voltar com um bom resultado”, disse o atacante Pedrinho. A partida de volta será no dia 29 de agosto, na Arena.

O treinador decidiu manter a formação sem uma referência na área e com Romero jogando mais à frente. A ordem é entrar em campo sem se deixar levar pela pressão da torcida e tratar o duelo como se fosse apenas mais um jogo do Brasileirão.

“O jogo é bom para a gente mensurar a nossa força. Aprendemos a jogar a Libertadores e estamos preparados para isso”, disse Loss, que garante tranquilidade para a partida. “Não sou de perder o sono em jogos assim.”

Ficha técnica

COLO-COLO – Agustín Orión; Opazo, Matías Zaldivia, Insaurralde e Pérez; Carlos Carmona, Valdés, Baeza e Valdivia; Barrios e Paredes. Técnico: Hector Tapia.

CORINTHIANS – Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas, Jadson, Pedrinho e Clayson; Romero. Técnico: Osmar Loss.

ÁRBITRO – Wilmar Roldán.

HORÁRIO – 21h45 (de Brasília).

LOCAL – Estádio Monumental, em Santiago (Chile).

Foto: Peter Leone/AE

Deixe seu Comentário