Share
“Poderia ter ganho mais 3 ou 4 títulos”,  diz Alonso antes de adeus a Interlagos

“Poderia ter ganho mais 3 ou 4 títulos”, diz Alonso antes de adeus a Interlagos

 

Fernando Alonso vai se despedir, neste domingo, do circuito de Interlagos, onde sagrou-se campeão mundial de Fórmula 1 em 2005 e 2006. Para muitos críticos da principal modalidade do automobilismo mundial, o espanhol poderia ter somado a sua coleção muito mais títulos, caso tivesse feito melhores escolhas ou tivesse um temperamento mais fácil. Mas o piloto não pensa desta forma.

“Quando era garoto, jamais pensei em dirigir um carro de F-1 ou ganhar uma corrida. Por isso, ser bicampeão mundial vai muito além dos meus sonhos”, disse Alonso, em entrevista nesta quarta-feira no autódromo de Interlagos. “Poderia ter ganho mais três ou quatro títulos, mas acredito que o mais importante é ter ganho o respeito das pessoas que estão na Fórmula 1.”

Aos 37 anos, Alonso não quis revelar os seus planos para 2019, mas, com certeza, vai cumpri-los de um cockpit de um carro de corrida. “Ainda não sei o que vou fazer”, disse, sem muita convicção. “Lógico que poder disputar provas lendárias como (as 500 Milhas de) Indianápolis e (as 24 Horas de) Le Mans é algo que seduz, mas é preciso analisar direito para se saber qual o caminho correto a seguir”, despistou.

O atual piloto da McLaren não se vê fazendo no futuro algo que não seja ligado ao automobilismo. Perguntado pela reportagem do Estado se gostaria de ter a sua própria equipe, o espanhol demonstrou bom humor: “Desde que eu tenha um bom patrocinador….”. Segundo Alonso, na Fórmula 1 atual é muito difícil que equipes privadas consigam sucesso diante das grandes marcas.

Sobre disputar seu último GP em São Paulo, Alonso demonstrou satisfação. “É sempre muito bom correr em Interlagos. A pista é interessante. Sempre temos provas disputadas e eu guardo na lembrança grandes momentos de minha carreira aqui. Fui campeão em 2005, 2006 e fiquei perto em 2007 e 2012. Maravilhoso.”

Fernando Alonso participa dos primeiros treinos livres do GP do Brasil nesta sexta-feira, quando serão realizadas sessões de pista às 11h e depois às 15h. Vai tentar no sábado um lugar de honra no grid para a largada do domingo. Antes, ele será homenageado. Mas, independentemente do que conseguir fazer, seu nome já está reservado na história de Interlagos e no coração dos fãs da Fórmula 1.

Deixe seu Comentário