Share
Viaduto que cedeu na Marginal do  Pinheiros é reaberto após 4 meses

Viaduto que cedeu na Marginal do Pinheiros é reaberto após 4 meses

O viaduto que cedeu na Marginal do Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, foi reaberto para carros e caminhões na tarde deste sábado, 16, dois dias antes do informado pela Prefeitura de São Paulo. O viaduto estava interditado desde 15 de novembro. 

O anúncio da liberação da pista expressa que dá acesso ao viaduto foi feito pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), que acompanhou os últimos testes de carga na estrutura. A velocidade máxima permitida será de 70 km/h neste sábado e, segundo o prefeito, os radares ainda não estarão funcionando. A partir deste domingo, 17, a velocidade permitida na via voltará a ser de 90km/h, já com as placas de sinalização. 

Ao todo, a obra custou R$ 26,5 milhões, incluindo reformas de manutenção que continuarão a ser feitas mesmo após a liberação.

Dois tipos de testes foram feitos para avaliar o completamento da estrutura. No teste estático, 45 caminhões (de 28 toneladas cada) ficaram parados sobre o viaduto em locais específicos pré-determinados pela Prefeitura. O teste dinâmico foi feito com uma carreta de 60 toneladas se deslocando em três velocidades constantes: 40 km/h, 60 km/h e 80 km/h.

Foram instalados 49 sensores ao longo da pista e nos pilares do viaduto, que, por sinal elétrico, foram colocados para captar movimentação da ponte fora do padrão. Os trens da Linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) começaram a circular em velocidade normal desde o dia 12 de março.

Rodízio será retomado a 

partir do próximo dia 25

Com o Viaduto liberado, o Rodízio Municipal Veicular que havia sido suspenso no trecho da Marginal volta a vigorar, a partir da segunda-feira, dia 25. A retomada do rodízio valerá tanto para veículos leves como pesados. Quem não obedecer estará sujeito à autuação.

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) publicará uma Portaria no Diário Oficial da Cidade revogando a Portaria SMT.DSV nº 117/2018, de 23 de novembro de 2018, que suspendeu a vigência do Rodízio devido à obra emergencial do Viaduto sobre a Linha 9 – Esmeralda da CPTM.

Foto: Leon Rodrigues Secom

Deixe seu Comentário