FAB e bombeiros acham destroços de helicóptero desaparecido em SP

INVESTIGAÇÃO – Peritos do Seripa 4 (Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) foram para o local para fazer uma apuração inicial dos fatos.

Equipes da Aeronáutica e do Corpo de Bombeiros encontram na manhã desta segunda-feira (27) os destroços do helicóptero que saiu de São Paulo e tinha como destino a cidade de Americana (a 128 km de São Paulo). A FAB (Força Aérea Brasileira) informou que as cinco pessoas que estavam a bordo da aeronave, modelo Bell 407, morreram. Os nomes das vítimas não havia sido divulgados oficialmente até a conclusão desta edição.

Segundo a Aeronáutica, os destroços foram localizados próximo a Jundiaí (a 60 km de São Paulo) pela tripulação da aeronave especializada, modelo SC-105, por volta das 8h desta segunda. De acordo com os bombeiros, as equipes do Águia de Campinas (SP) localizaram os destroços na região do Km 42 em Jundiaí.

Em função das condições de visibilidade e das características geográficas da região, a Aeronáutica informou que foi deslocado um helicóptero Águia, da Polícia Militar, para o local, que confirmou que se tratava dos destroços da aeronave desaparecida.

Peritos do Seripa 4 (Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) foram para o local para fazer uma apuração inicial dos fatos. O helicóptero decolou do aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, por volta das 7h50 deste domingo (26), com destino a Americana.

Além da FAB, as buscas pelo helicóptero também contou com a ajuda do Corpo de Bombeiros. As buscas começaram ainda na noite deste domingo, mas foram suspensas devido ao mau tempo, e retomadas pela manhã. A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) informou que a aeronave estava regularizada.

Foto: Cadu Rolim/Folhapress