Estudante vítima de acidente com ônibus na Mogi-Bertioga tem alta

O estudante Erick Pedralli, 21, que estava internado desde o acidente que matou 18 pessoas na Mogi-Bertioga, em 8 de junho, teve alta do Hospital Santo Amaro, no Guarujá, litoral de São Paulo.

Na sexta-feira (1º), a mãe de Pedralli, Edna Pedralli, postou no Facebook que o filho tinha tido alta, mas ainda teria que passar por procedimentos. No dia do acidente, o pai de Erick, o motorista Edemir Pedralli, chegou a receber a notícia de que seu filho havia morrido.

Quando o pai foi até o IML (Instituto Médico Legal) em Guarujá, descobriu que o filho não estava morto, mas internado, em coma, em um hospital.

“Cheguei ao local do acidente em poucos minutos e fui informado de que o Erick havia entrado em óbito no Guarujá. Perdi o chão”, disse o pai do estudante, na época. Pedralli ficou em coma induzido por ter levado uma pancada na cabeça, que formou um edema no cérebro.