Corregedoria da PM afasta policial que tirou fotos vestido de palhaço

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo informou, na sexta-feira (22), que o homem que apareceu em imagens divulgadas na internet com a farda da Polícia Militar usando uma máscara de palhaço ameaçando um rapaz foi identificado pela Corregedoria da PM e afastado do trabalho operacional.

As imagens foram divulgadas em redes sociais e rodaram no WhatsApp na semana passada, em grupos formados por policiais e admiradores de ações policiais, com legendas como “tem tatuagem de palhaço, mas quando vê um de frente fica com medo” e “vamos ver se vão continuar pagando pau para palhaço”. Ter tatuagens com desenhos de palhaços é uma marca entre criminosos para identificar quem já enfrentou e até matou policiais.

Uma das fotos mostra o policial fardado com a máscara de palhaço, posando com uma machadinha encostada na cabeça de um rapaz, que aparenta suplicar por clemência. É possível ver um carro da Polícia Militar ao fundo. Em nota, a secretaria informou ainda que o policial deve responder a um processo administrativo. O órgão não informou o nome do agente.