Com opção para agendar viagens, SP ganha 1º aplicativo para táxis pretos

SÃO PAULO, SP, 28.05.2016: TÁXI-SP - Táxi Preto trafega em via da cidade de São Paulo. Após reclamações de taxistas, a gestão Fernando Haddad (PT) decidiu liberar o chamado Táxi Preto, mais luxuoso e que só poderia atuar por meio de aplicativos, a também pegar passageiros nas ruas da cidade. Para isso, os motoristas terão que instalar taxímetros e poderão colocar os luminosos, algo não previsto.Com tarifa cerca de 25% mais cara do que os convencionais, o Táxi Preto poderá praticar a tarifa mais barata. (Foto: Marcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress)

QUILOMETRAGEM – A Pontual Black oferece desconto de 20% na viagem independentemente da quilometragem e é a única que oferece serviço de agendamento, sem custo adicional

Com a recente unificação das tarifas de táxis em São Paulo, mais um serviço de transporte de passageiros ganhou as ruas da cidade. Batizado de Pontual Black, o aplicativo é o primeiro exclusivo para táxi preto, categoria mais luxuosa de transporte de passageiros.

Desenvolvido por uma empresa de rádio táxi, a Pontual Rádio Táxi, o aplicativo é um dos cinco que disputam a preferência de passageiros em São Paulo – já existem a 99, Easy, Cabify e Uber. “A proposta da empresa é oferecer aos passageiros um transporte de alto nível com um preço justo e atrativo, além de oferecer ao usuário uma opção de agendar viagens sem ter que pagar taxa adicional para isso”, disse Francisco Freitas, diretor financeiro da empresa.

O aplicativo foi lançado no mesmo dia em que a Prefeitura de São Paulo começou a aplicar a unificação das tarifas de serviços de táxi. Desde o dia 24 de agosto, todas as modalidades do serviço (comum, preto, rádio-táxi, especial e luxo) passaram a cobrar os valores dos táxis comuns: R$ 4,50 a bandeirada mais R$ 2,75 por km.

A Pontual Rádio Táxi afirma já ter 500 motoristas cadastrados no novo aplicativo e a expectativa é chegar a 3.000 até dezembro. “Queremos ser o aplicativo dos táxis pretos em São Paulo. A vantagem para o motorista vem na forma de uma taxa administrativa fixa e bem menor do que as praticadas normalmente no mercado”, diz Freitas.

As chamadas pelo aplicativo, que já está disponível para download para Android e iOS, estão crescendo a cada dia. “O aplicativo ainda está em fase embrionária, mas em apenas duas semanas fizemos quase mil corridas e a expectativa é chegar a 250 mil pedidos por mês em seis meses”, diz Freitas.

Único jornal diário gratuito no metrô