Haddad diz que denúncia contra Lula antes de eleição era esperada

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Fernando Haddad (PT), disse já era esperado que a denúncia contra o ex-presidente Lula fosse feita a poucos dias do primeiro turno.
“Se esperava alguma coisa antes das eleições. Talvez seja mais um fato político do que totalmente jurídico”, afirmou.
O petista disse que a denúncia não afeta a participação de Lula em sua campanha. “A decisão de participação é deles. Ele têm participado de eventos”.
Ao ser questionado sobre as pesquisas eleitorais, Haddad diz acreditar que a campanha eleitoral só começará agora e que os eleitores ainda estão mais preocupados com temas nacionais.
“Em 2012, a quatro dias da eleição, eu estava num terceiro lugar, longe do segundo. Tenho ido à periferia e não sinto ninguém motivado para essas eleições. A discussão de bar ainda é Temer, Cunha, a reforma trabalhista. O eleitor hoje me pergunta sobre isso. Não estou vendo ainda um debate sobre a cidade”, afirmou.

Único jornal diário gratuito no metrô