Após duas quedas de energia, Santos vence no Pacaembu e abre vantagem no G4

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Após um jogo movimentado por duas quedas de energia no estádio do Pacaembu, o Santos venceu o Santa Cruz por 3 a 2 e abriu vantagem no G4 da tabela de classificação. O duelo, realizado neste domingo (18), foi válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Com o resultado positivo, o Santos ficou na quarta colocação com 43 pontos, dois a mais que o quinto colocado Corinthians. Enquanto isso, a agremiação do nordeste segue na zona de rebaixamento da competição nacional, no 19º posto, com 24 pontos e 14 derrotas em 26 partidas disputadas.
Na próxima rodada, o Santos visita o Sport no próximo sábado (24), às 18h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro. Enquanto isso, o Santa Cruz tenta se recuperar da derrota no confronto direto com o Figueirense no domingo (25), às 11 horas (de Brasília), no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.
O JOGO
A etapa inicial do confronto entre Santos e Santa Cruz não teve grandes emoções. O único grande momento foi o gol marcado por Copete no começo.
A cidade de São Paulo foi atingida por uma forte chuva e rajadas de vento na noite deste domingo e, a poucos segundos do reinício do primeiro tempo, o Pacaembu ficou sem energia e o estádio ficou totalmente escuro. Era possível enxergar apenas as luzes dos celulares da torcida.
No segundo tempo, aos 10 minutos, Keno aproveitou bola mal afastada Victor Ferraz e mandou para o gol, deixando tudo igual no estádio do Pacaembu. Após o empate, o time visitante cresceu no jogo e deu trabalho ao Santos.
Aos 19 minutos da etapa complementar, a falta de energia paralisou o confronto novamente. Desta vez houve uma pane em um dos refletores, que ficou apagado.
Logo depois Jean Mota entrou no lugar de Thiago Maia e alegrou a torcida santista. O meia recebeu de Ricardo Oliveira dentro da área e mandou para o fundo das redes aos 27 minutos da etapa complementar.
Aos 40 minutos do segundo tempo, Keno marcou novamente e empatou a partida. Mas, logo no minuto seguinte, Victor Bueno colocou o Santos à frente do marcador para alívio dos torcedores que enfrentaram apagão e chuva forte.

SANTOS
Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Zeca; Thiago Maia (Jean Mota), Renato, Lucas Lima, Vitor Bueno e Copete; Ricardo Oliveira (Rodrigão). T,: Dorival Júnior.
SANTA CRUZ
Tiago Cardoso; Léo Moura, Néris, Danny Morais e Allan Vieira (Luan Peres); Derley, Jadson (Wellington Cézar) e João Paulo; Pisano, Keno e Bruno Moraes (Grafite). T.: Doriva.
Gols: Copete, aos 4min do 1º tempo; Jean Mota, aos 27min, Victor Bueno aos 41min, e Keno, aos 10min e aos 40min do 2º tempo
Cartões amarelos: Luiz Felipe (S); Wellington Cézar (SC)
Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Público: 28.763 presentes
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)