ESPN rescinde contrato de José Trajano

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A ESPN rescindiu nesta sexta-feira (30) o contrato do jornalista José Trajano.
Em um comunicado oficial, a emissora não explicou quais motivos a levaram a terminar o vínculo com o jornalista, apenas o agradeceu pela sua contribuição.
“A ESPN rescinde contrato com José Trajano”, diz o texto do comunicado. “José Trajano teve papel fundamental na construção da ESPN no Brasil. Agradecemos suas contribuições e desejamos boa sorte nesta nova fase”, acrescenta.
Por quase 18 anos, Trajano chefiou o jornalismo da ESPN, antes de passar o comando da emissora para João Palomino.
Polêmico, apresentou o “Pontapé Inicial”, matinal do canal esportivo, e era comentarista do “Linha de Passe”, onde era conhecido por suas opiniões controversas, muitas vezes de temas distantes do esporte.
Defensor do governo Dilma Rousseff, neste ano, ele chegou a gravar um vídeo em apoio à então presidente.
Também se envolveu em uma polêmica com Danilo Gentili, apresentador do SBT, ao dizer que a ESPN não deveria tê-lo convidado para participar de um de seus programas. Segundo Trajano, o humorista é um “sujeito que faz apologia do estupro”.