Produção de veículos no Brasil cai 18,5% no acumulado do ano

São Paulo- SP, Brasil- A prefeitura de São Paulo anunciou hoje (12/09), que irá liberar as faixas exclusivas para ônibus para a circulação táxis com passageiros, a partir de amanhã (13/09). Na foto, táxi na faixa exclusiva de ônibus, na avenida 23 de maio, no sentido centro da cidade. Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas

A produção de veículos recuou 18,5% no acumulado de janeiro a setembro deste ano frente ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta quinta (6) pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). O número indica uma leve melhora da crise no setor. Em agosto, a queda no acumulado no ano havia sido de 20,1%.

Outros fatores que influenciaram o resultado, de acordo com Antônio Megale, presidente da Anfavea, foram a paralisação na produção de uma das associadas da entidade e a greve dos bancos, que levou o percentual de financiamentos de veículo cair para 51,9% -um dos valores mais baixos da série histórica.

Em comparação com setembro de 2015, a retração no mês foi de 2,2%. Em agosto, a variação anual havia sido de 18,4% – puxada pela paralisação na produção da Volkswagen por problemas com fornecedor. Em números absolutos, a produção em setembro foi de 170,8 mil unidades. Com a reorganização da Volkswagen, a entidade espera que esse número supere as 200 mil unidades nos próximos meses. Em relação ao mês anterior, a queda foi de 3,9%.

Único jornal diário gratuito no metrô