Após negociação, Boko Haram liberta 21 garotas sequestradas na Nigéria

Nigerien soldiers hold up a Boko Haram flag that they had seized in the recently retaken town of Damasak, Nigeria, March 18, 2015. Chadian and Nigerien soldiers took the town from Boko Haram militants earlier this week. The Nigerian army said on Tuesday it had repelled Boko Haram from all but three local government districts in the northeast, claiming victory for its offensive against the Islamist insurgents less than two weeks before a presidential election. Picture taken March 18. REUTERS/Emmanuel Braun - RTR4TZO2

O governo da Nigéria anunciou nesta quinta-feira (13) que foram liberadas pela facção terrorista Boko Haram 21 garotas que haviam sido sequestrada há mais de dois anos na cidade de Chibok, no norte do país.
“A libertação das garotas (…) é resultado de negociações entre o governo e o Boko Haram mediadas pela [ONG humanitária] Cruz Vermelha e pelo governo suíço”, disse um comunicado da Presidência. “As negociações continuarão.”
O sequestro de 276 garotas pelos radicais do Boko Haram em abril de 2014 gerou comoção internacional. Algumas dezenas de reféns conseguiram fugir, mas a maioria ainda se encontra em cativeiro.
O líder do Boko Haram, Abubakar Shekau, disse que as garotas seriam liberadas apenas se o governo aceitasse trocá-las por militantes radicais presos.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

Único jornal diário gratuito no metrô