Brasil fecha 39,3 mil vagas de emprego formal em setembro

O Brasil tem registrado, há um ano e meio, o encerramento vagas de trabalho com carteira assinada. Em setembro, a quantidade de demissões superou as contratações em 39,3 mil, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta quarta-feira (26) pelo Ministério do Trabalho.
No cenário de crise econômica, setembro foi o 18º mês consecutivo em que o país demitiu mais trabalhadores do que contratou.
Apesar do resultado negativo, o saldo foi melhor que o registrado em setembro de 2015, quando as demissões superaram as contratações em 95,6 mil -o pior resultado para o mês na série histórica do Ministério do Trabalho, que tem início em 1992.

LAÍS ALEGRETTI
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS)

 

Único jornal diário gratuito no metrô