Indústria só vai voltar a crescer em 2018, diz CNI

O presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson Braga de Andrade, prevê que a indústria nacional só voltará a crescer daqui a um ano e meio.

“Em 2016 nós paramos de perder, em 2017 vamos começar a plantar, mas o crescimento mesmo da indústria, só em 2018”, afirmou, após almoço com representantes do governo brasileiro e industriais japoneses, na federação industrial japonesa.

Segundo ele, dois fatores devem dificultar uma retomada mais precoce da atividade. O primeiro é a fraqueza do mercado interno, que enfrenta a pior recessão da história brasileira e uma taxa de desemprego que ainda deve superar os 13% no começo do ano que vem. O outro é a fraqueza das exportações.

A produção industrial brasileira recuou 8,2% nos oito primeiros meses, segundo o IBGE, e analistas consultados pelo BC para a pesquisa Focus preveem queda de 6% para o setor neste ano. Esses mesmos economistas estimam alta de 1,1% na produção industrial do ano que vem e de 2,25% na de 2018.