Início de Oswaldo é o pior em 10 anos e supera até Corinthians rebaixado

Com um mês de Corinthians, Oswaldo de Oliveira conseguiu uma vitória em seis partidas. O último desses jogos foi o empate por 1 a 1 contra o Figueirense, na noite de quarta-feira (16), quando o triunfo escapou nos acréscimos. Os resultados são os piores obtidos por um treinador do clube desde os de Geninho, em 2006.
Nem mesmo com Paulo César Carpegiani e Nelsinho Baptista, na temporada do rebaixamento, o aproveitamento inicial foi tão ruim.
Até aqui, Oswaldo teve 33% de aproveitamento dos pontos disputados. Ganhou do América-MG em seu segundo dia de trabalho. Depois, empatou com Flamengo, Figueirense e Chapecoense, além de perder para Cruzeiro e São Paulo.
Geninho, em sua segunda passagem pelo Corinthians no fim da era MSI, ganhou 18% dos pontos em seus seis primeiros jogos. É o pior início de trabalho no clube em uma década.
Já na temporada do rebaixamento, Carpegiani começou sua passagem pelo clube com três vitórias, dois empates e uma derrota.
Nelsinho Baptista, por sua vez também em 2007, conseguiu duas vitórias, dois empates e teve duas derrotas. Interinamente, o Corinthians teve o comando também de Zé Augusto, que naquela campanha ganhou só seis dos primeiros 18 pontos disputados.
Ao todo, foram 11 trabalhos no período: Geninho, Emerson Leão, PC Carpegiani, Nelsinho Baptista, Mano Menezes (duas vezes), Adílson Batista, Tite (duas vezes), Cristóvão Borges e Oswaldo de Oliveira.

Confira os seis primeiros jogos de Geninho:

21/05/06 – Vasco 2 x 4 Corinthians
25/05/06 – Corinthians 0 x 1 Internacional
28/05/06 – Santos 2 x 0 Corinthians
01/06/06 – Corinthians 0 x 1 Goiás
04/06/06 – Corinthians 0 x 2 Flamengo
12/07/06 – Cruzeiro 2 x 0 Corinthians

DASSLER MARQUES E DIEGO SALGADO
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Único jornal diário gratuito no metrô