Cuca deixará o Palmeiras, mas antes treinará o time contra o Vitória

Cuca não será o técnico do Palmeiras em 2017. O treinador já comunicou a diretoria do clube da decisão, tomada devido a razões pessoais. Desde que voltou da China, no início do ano, ele prometeu que passaria mais tempo com seus familiares em Curitiba, e é o que ele fará na próxima temporada. Além disso, Cuca também deve passar parte de seu tempo na Europa, assistindo a partidas de futebol.
Na última rodada do Brasileiro, contra o Vitória, Cuca treinará o time pela última vez, quando acontecerá uma homenagem aos jogadores e funcionários da Chapecoense que morreram em acidente aéreo na Colômbia: o time jogará com camisa que alude à utilizada pelo time catarinense. O acidente aéreo deixou o treinador particularmente chocado, inclusive por ter sido o último clube pelo qual atuou como jogador de futebol. A partida foi adiada para 11 de dezembro.
O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, tem Roger Machado como plano B, mas o treinador está próximo de fechar contrato com o Atlético-MG. Uma alternativa é Alberto Valentim, assistente técnico do clube, que é bastante querido pelos jogadores e tem sido preparado pelo clube para a função.
Cuca foi anunciado pelo Palmeiras em março e foi um dos principais responsáveis pela conquista do Brasileiro pelo clube. Ele comandou o Palmeiras por 52 jogos no ano, conseguiu 29 vitórias, 11 empates e 12 derrotas.

GUILHERME SETO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)