Foragida, ex-repórter de TV é acusada de ajudar facção

A Polícia Civil procura a modelo, ex-repórter do TV Fama, da RedeTV!, e advogada Luana de Almeida Domingos, 31 anos, suspeita de ligação com o PCC (Primeiro Comando da Capital). Ela é 1 dos 5 advogados que ainda estão foragidos da operação Ethos, iniciada no fim de mês de novembro.No total foram presas 36 pessoas, sendo 35 advogados e o vice-presidente do Condepe (Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana), Luiz Carlos dos Santos, 44 anos.