Procuradoria denuncia Renan Calheiros na Operação Lava Jato

A Procuradoria-Geral da República denunciou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), no âmbito da Operação Lava Jato.
Renan já era investigado em inquéritos, mas é a primeira vez que ele é alvo de denúncia da Lava Jato.
No início do mês, o peemedebista virou réu pela primeira vez em ação centrada nos pagamentos de pensão feitos a uma filha que teve fora do casamento, que teriam sido pagos com dinheiro de seu gabinete parlamentar.
O escândalo, divulgado em 2007, foi um dos fatores que o levaram a renunciar à presidência do Senado na época.
Na semana passada, Renan, já réu, foi afastado da presidência do Senado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello.
Em reação, o senador se recusou a receber a ordem judicial que o obrigaria a cumprir a decisão. No dia seguinte, o plenário do Supremo o manteve no cargo por seis votos a três.

Foto: Jornal GGN

 

Único jornal diário gratuito no metrô