Uber começa a testar serviço de entrega de comida em São Paulo

O Uber começou a disponibilizar convites para que alguns consumidores de São Paulo usem o serviço de entrega de comida da empresa, o UberEats. A empresa diz que, no momento, a opção está disponível para apenas algumas regiões da cidade.

O Uber não informou quantos convites foram enviados nem quantos restaurantes estarão disponíveis nessa primeira etapa do lançamento do serviço. Em seu site oficial, na versão em inglês, há uma lista com 26 estabelecimentos confirmados.

A companhia afirma que está trabalhando para, em breve, aumentar o número de regiões em que o UberEats está disponível e disponibilizar o aplicativo para todos os usuários. Há mais de um mês, o Uber vem cadastrando motoboys e restaurantes no serviço, que está disponível em pouco mais de 50 cidades mundo afora. São Paulo, junto com Bogotá (Colômbia) são as primeiras na América do Sul.

O UberEats deve ser dedicado principalmente a restaurantes que ainda não possuem delivery.

Em troca de uma comissão de 30% paga pelos restaurantes, o Uber terceiriza a operação de entrega, usando frota de motoboys autônomos cadastrados em sua plataforma (e, eventualmente, carros) para atender aos pedidos.

Eles passam a receber solicitações de comida feitos a partir de um aplicativo próprio para isso, já pode ser encontrado em português nas lojas de aplicativo da Apple e do Google. Porém quem não recebeu o convite recebe aviso de que o serviço não está disponível em sua região quando tenta usá-lo. O consumidor paga uma taxa fixa de R$ 7 por pedido.