Prefeitura reforça a fiscalização na região de comércio do Brás

A Prefeitura de São Paulo segue intensificando as ações de fiscalização na região do quadrilátero que fica entre o Largo da Concórdia e a Avenida Rangel Pestana por meio da Operação Comércio Legal, deflagrada pela administração municipal no dia 26 de novembro.

O prefeito Bruno Covas percorreu o local neste sábado (15), 20º dia da ação e considerado o de maior movimento no comércio, por conta das compras de Natal. O lugar, que normalmente conta com 330 mil pessoas circulando diariamente, recebeu 500 mil na ocasião. Para atender à demanda, a Guarda Civil Metropolitana aumentou seu efetivo no local de 60 para 96 GCMs.

Na região foram mapeados 1.205 ambulantes ilegais e apenas dois deles possuíam o Termo de Permissão de Uso (TPU), documento concedido pelo governo municipal que permite a comercialização de produtos. A ação tem o objetivo de combater a presença de camelôs ilegais, melhorar a mobilidade e oferecer atendimento social. O perímetro conta com 211 lojas de comerciantes legalizados, que pagam impostos e têm seus negócios prejudicados pela presença dos ilegais.

 

Foto:Heloísa Ballarini Secom