Covid: Oxford BioMedica assina novo contrato com AstraZeneca para possível vacina

A Oxford BioMedica informou nesta terça-feira, 1, que assinou um novo contrato com a AstraZeneca U.K. Ltd., subsidiária do grupo farmacêutico anglo-sueco AstraZeneca, para a produção comercial em larga escala de sua possível vacina contra a covid-19. A empresa de terapia celular disse que firmou um contrato de fornecimento de 18 meses, com a possibilidade de estender o período por mais 18 meses.

A AstraZeneca vai pagar de imediato à Oxford Biomédica 15 milhões de libras (US$ 20,1 milhões), como taxa de reserva de capacidade. “A Oxford BioMedica espera receber receita adicional superior a 35 milhões de libras, mais certos custos materiais, para a fabricação em massa (da vacina) até o fim de 2021”, disse a empresa em comunicado.