Saúde alerta para a importância dos exames de prevenção ao câncer

Tradicionalmente, o mês de outubro é  dedicado à conscientização e ao controle do câncer de mama, que é o de maior incidência atualmente no Brasil entre as mulheres. Mais recentemente, passou a ser também de sensibilização para o câncer de colo de útero, o terceiro que mais acomete a população feminina no país.

O papanicolau, que visa a detectar alterações nas células do colo do útero, é uma das principais estratégias para localizar lesões precocemente e fazer o diagnóstico do câncer de colo de útero bem no início, antes que a mulher tenha sintomas, reduzindo a mortalidade pela doença. É recomendado para toda mulher que já tenha iniciado a vida sexual.

Já a mamografia, que é indicada pelo Ministério da Saúde para as mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos, a cada dois anos, tem por objetivo detectar precocemente qualquer lesão mamária. Assim como o câncer de colo de útero, quanto mais cedo houver o diagnóstico do tumor de mama e o início do tratamento, maiores são as chances de cura.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), a estimativa de casos novos de câncer de mama para este ano no Brasil é 66.280, enquanto que o de colo de útero é de 16.710 ocorrências.