Série ‘Música #EmCasaComSesc’ traz Trupe Chá de Boldo

No ar há sete meses, a programação da série Música #EmCasa Sesc dá início ao último mês do ano com shows transmitidos direto das unidades do Sesc na capital paulista, intercalados com lives realizadas na casa dos artistas ou em estúdios de trabalho, sem a presença de público no local e seguindo todos os protocolos de segurança. Omodelo híbrido, implementado em outubro, faz parte da retomada parcial e gradativa das atividades do Sesc, permitindo o encontro com artistas de outros estados ou pertencentes ao grupo de risco do coronavírus, e ao mesmo tempo estimulando o setor cultural ao abrir os palcos de suas unidades.

No sábado (5/12), é a vez da Trupe Chá de Boldo subir ao palco do Sesc Pinheiros para mostraro repertório de seu mais recente trabalho, o EP “Viva Lina” (2020), que homenageia a arquiteta Lina Bo Bardi, além de sucessos da carreira e algumas músicas inéditas. Neste ano, a banda paulistana completa 14 anos de estrada. Ao longo da carreira, além do EP “Viva Lina”, lançou os álbuns “Bárbaro” (2010), “Nave Manha” (2012), “Presente” (2015) e “Verso” (2017). Com Ciça Góes (voz), Felipe Botelho (contrabaixo), Gustavo Cabelo (guitarra e contrabaixo), Gustavo Galo (voz), Guto Nogueira (percussão), Julia Valiengo (voz), Marcos Ferraz (saxofone), Pedro Henrique Manesco (bateria), Rafael Werblowysk (percussão), Remi Chatain (saxofone) e Tomás Bastos (guitarra).

Agenda de 5 de dezembro, 19h:

Trupe Chá de Boldo. Com Ciça Góes (voz), Felipe Botelho (contrabaixo), Gustavo Cabelo (guitarra e contrabaixo), Gustavo Galo (voz), Guto Nogueira (percussão), Julia Valiengo (voz), Marcos Ferraz (saxofone), Pedro Henrique Manesco (bateria), Rafael Werblowysk (percussão), Remi Chatain (saxofone) e Tomás Bastos (guitarra).

+ MÚSICA #EMCASACOMSESC 

A programação de shows na internet do Sesc São Paulo está no ar desde 19 de abril com apresentações de importantes nomes da música brasileira, nos mais variados estilos. Com transmissões às terças, quintas, sextas e sábados, sempre às 19h, a série já realizou 201 shows, atraindo uma audiência de mais de 5 milhões de espectadores. Muitos destes espetáculos permanecem disponíveis no YouTube do Sesc São Paulo (@sescsp).

A série Música #EmCasaComSesc também tem sido uma oportunidade para promover o Mesa Brasil, programa que conecta empresas doadoras e instituições sociais para o complemento de refeições de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Criado há 25 anos pelo Sesc São Paulo e hoje em operação em diversos estados do país, a iniciativa está com uma campanha para expandir sua rede de parceiros doadores e ampliar a distribuição de alimentos, produtos de higiene e limpeza em meio à crise sanitária causada pelo novo coronavírus. Também engajados pela causa, os artistas têm aproveitado as transmissões on-line para convocar as pessoas, principalmente empresários e gestores, a integrarem a rede de solidariedade. Para saber como ser um doador, acesse o site mesabrasil.sescsp.org.br

+ SESC NA QUARENTENA 

Desde o final de agosto,cinco meses após a suspensão majoritária do atendimento presencial nas unidades, o Sesc São Paulo anunciou uma parcial e gradativa retomada, com um número restrito de atividades, dirigidas aos alunos que já eram inscritos nos cursos de Ginástica Multifuncional, Práticas Corporais e Corrida, além de pacientes das Clínicas Odontológicas cujos tratamentos foram interrompidos pela pandemia. Todas essas atividades estão sendo previamente agendadas, visando restringir a circulação de público no interior das unidades. Em outubro, a instituição anunciou nova etapa da retomada gradual dos serviços, desta vez de Exposições – inicialmente nas unidades da capital, Grande São Paulo, Santos e Taubaté -,das Bibliotecas alocadas nas unidades e a exibição de filmes no CineSesc, tudo mediante agendamento prévio pelo sistema de bilheteria online em sescsp.org.br. Todas as 40 unidades do estado deram início a essa retomada gradual, à medida que os municípios em que estão instaladas atinjam a classificação necessária para reabertura, estabelecida pelo Plano São Paulo do Governo do Estado, e em conformidade com as regulações municipais. 

Paralelo à retomada gradual de alguns serviços presenciais, a instituição segue oferecendo um conjunto de iniciativas on-line, que garantem a continuidade de sua ação sociocultural nas diversas áreas em que atua. Pelos canais digitais e redes sociais, o público pode acompanhar o andamento dessas ações e ter acesso a conteúdos exclusivos de forma gratuita e irrestrita. Confira a programação e fique #EmCasaComSesc. 

+ SESC DIGITAL 

A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado. 

Saiba +: Sesc Digital