São Paulo promove festival de Natal com atrações virtuais

Em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19) e com o cancelamento da festa do réveillon na Avenida Paulista, a prefeitura de São Paulo decidiu promover um festival de Natal virtual. 

Com o tema Um Sonho de Cidade, o festival tem início nesta sexta-feira (11), às 10h30, com a apresentação da peça de bonecos Te Conto um Conto de Natal. O festival termina no dia 23 de dezembro e, neste período, vai promover atividades artísticas que serão transmitidas pelos canais oficiais da Secretaria Municipal de Turismo de São Paulo no YouTube e Facebook. As transmissões terão acompanhamento de intérprete de Libras.

Entre os destaques do festival estão as apresentações do Coral Paulistano e do Coro Luther King; uma homenagem aos 100 anos do poeta João Cabral de Melo Neto; e uma versão moderna do balé O Quebra-nozes. Haverá também shows, como o das cantoras Vanessa da Mata e Luedji Luna, entre outros. 

“Nesta edição, o objetivo é promover a cidade como cenário de intervenções artísticas temáticas e outras que celebram a história, a infância e a esperança, tão presente nesta época do ano. Vamos levar a cidade ao encontro das pessoas”, disse Miguel Calderaro Giacomini, secretário municipal de Turismo.

Para o festival, a secretaria lançou o podcast Onde Mora o Natal em São Paulo, com dez episódios, em que serão narradas histórias que mostram o vínculo do Natal com a cidade. Também faz parte da programação um teatro digital, com o seriado virtual Alguma Coisa Acontece, com cenas em diversos pontos turísticos da cidade.

O festival contará ainda com transmissões ao vivo do Mercado Municipal, com opções de preparações de receitas para o Natal.

Enfeites

Neste ano, a tradicional árvore de Natal do Parque do Ibirapuera mudou de lugar. Para evitar aglomerações, a árvore foi instalada na Ponte Estaiada e tem 46 metros de altura com 17,65 m de diâmetro e projeção 360° em alta resolução e exibição de laser, podendo ser vista a 10 quilômetros de distância.

Além da árvore, a prefeitura autorizou a montagem, para o festival, de um presépio no Pátio do Colégio e de uma Vila Natalina na Praça do Patriarca, composta de 15 peças em mosaico e em tamanho natural. No Viaduto do Chá, no centro da capital, foi instalado um globo natalino, assinado pelo artista Zilando Freitas. Já no Largo do Café, será realizada uma intervenção de artes visuais criada pelo coletivo Os Tupis.