Nova reclassificação do Plano São Paulo será anunciada no dia 22, capital paulista deve ir à fase laranja

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Carlo Gorinchteyn, anunciou que na sexta-feira, 22, deve ser anunciada nova classificação do Plano São Paulo, de quarentena heterogênea, a fim de reduzir a transmissão do novo coronavírus no Estado em certas regiões.

Na fase laranja, o atendimento presencial em bares está proibido. Os estabelecimentos comerciais, como lanchonetes e restaurantes, podem funcionar, mas com 40% da capacidade total. O funcionamento dos comércios pode ser de oito horas por dia, mas com limite até às 20h.

Veja as regras da fase laranja:

  • O atendimento presencial em bares está proibido;
  • Estabelecimentos podem funcionar com ocupação de até 40% em todos os setores;
  • Funcionamento máximo de 8 horas por dia;
  • Horário de fechamento para o atendimento presencial até 20h.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 70% no Estado e de 70,5% na Região Metropolitana de São Paulo. Apesar da desaceleração verificada em relação à última semana, o vírus continua avançando pelo Estado.

Gorinchteyn voltou a defender a imunização no País e afirmou que “somente a vacinação em massa conseguirá mudar o quadro atual da pandemia”.