‘Se Deus quiser, vou continuar o meu mandato’, diz Bolsonaro a apoiadores

‘Se Deus quiser, vou continuar o meu mandato, e, em 2022, o pessoal escolhe”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro a apoiadores que o aguardavam chegar ao Palácio da Alvorada. Bolsonaro deu a declaração em meio à explosão de pedidos de impeachment contra ele. Desde o início do mandato, 61 foram protocolados na Câmara; apenas sete são anteriores a março de 2020, quando teve início a pandemia de coronavírus. Aos apoiadores, ele disse que tem muita “gente boa” para escolher nas eleições presidenciais do próximo ano e que espera que os “bons” se candidatem para não deixar os “mesmos” no pleito.