RG: documento não tem prazo de validade e segunda via pode ser feita pelo aplicativo

A Carteira de Identidade é um dos documentos mais usados por cidadãos de todas as idades, pois possui as principais informações e a foto, fundamentais para a identificação. Por isso, é importante manter o documento em bom estado de conservação e em local seguro. Entretanto, caso haja algum imprevisto e seja necessário emitir uma segunda via, é possível solicitar pelo próprio celular, baixando o aplicativo RG Digital SP, da Polícia Civil de São Paulo, ou em totens de autoatendimento do Poupatempo, distribuídos em diversas localidades do Estado. 

O pedido online da segunda via da Carteira de Identidade pode ser feito por qualquer cidadão com 16 anos ou mais e que possua um RG anterior emitido no Estado de São Paulo, após agosto de 2014. O documento já conta com um QR Code, que é a garantia de que as informações já estão no Sistema Automatizado de Identificação Biométrica (Abis) da Polícia Civil. 

É importante destacar que o RG não tem prazo de validade definido por lei, embora algumas instituições solicitem o documento atualizado, como medida de segurança, para prevenir fraudes. 

Passo a passo 

Nos totens do Poupatempo, o próprio cidadão realiza a validação biométrica e o pagamento da taxa de emissão, que pode ser feito em cartão de débito bancário, durante a solicitação do documento. Nesse caso, o novo RG será enviado pelos Correios ao endereço do solicitante, no Estado de São Paulo, e mediante pagamento da postagem. 

Os equipamentos de autoatendimento estão disponíveis em estações do Metrô e da CPTM, shoppings centers, supermercados, e unidades do Descomplica SP, por exemplo, durante todo o horário de funcionamento dos estabelecimentos. Para informações sobre os endereços, basta acessar o portal www.poupatempo.sp.gov.br e clicar na opção ‘Locais de Atendimento’.   

Já no aplicativo da Polícia Civil, a validação é feita pelo celular e o cidadão recebe as orientações para pagamento da taxa em seu e-mail de cadastro. Nesse caso, a retirada do documento ocorre após cinco dias úteis, no local escolhido pelo usuário durante a solicitação online.   

O app RG Digital SP está disponível para ser baixado gratuitamente na Play Store (Android) e na App Store (IOS). Com tecnologia de reconhecimento facial, ele permite ainda que a identidade virtual seja baixada e armazenada no aparelho celular. 

Para ajudar a entender melhor o processo, o portal do Poupatempo oferece um vídeo explicativo, que também pode ser acessado pelo Youtube do programa, no link https://www.youtube.com/watch?v=lmOvFFBNyzk 

Atendimento presencial para primeira via do RG 

No caso da primeira via do RG, o cidadão precisa comparecer presencialmente em um posto de atendimento para conferência da documentação original, como a Certidão de Nascimento ou Casamento, e realizar a primeira coleta das impressões digitais, foto e assinatura. Para isso, antes é necessário agendar data e horário para atendimento nas plataformas digitais do Poupatempo. 

O diretor da Prodesp, empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo que administra o Poupatempo, Murilo Macedo, alerta para os cuidados a serem tomados neste período de isolamento social. “Devido à pandemia, o Poupatempo tem seguido as orientações do Plano São Paulo para garantir a saúde e segurança dos usuários e de nossos colaboradores. Por isso, trabalhamos com a capacidade de atendimento reduzida e pedimos que os cidadãos avaliem a necessidade de se deslocarem aos postos neste momento, para que possamos priorizar quem tem urgência na solicitação de serviços públicos. Lembrando que pelo portal e aplicativo, o Poupatempo já oferece os atendimentos mais solicitados no programa”, afirma. 

Outros serviços online 

Desde o início da pandemia, em março de 2020, o Governo de São Paulo tem investido em tecnologia para manter os atendimentos ao cidadão. Atualmente, o Poupatempo oferece mais de 130 opções no portal www.poupatempo.sp.gov.br, aplicativo Poupatempo Digital e totens de autoatendimento. 

Entre as opções oferecidas nas plataformas digitais, estão renovação, segunda via e CNH definitiva, emissão de Atestado de Antecedentes Criminais, pesquisa de débitos e restrições de veículos, transferência, Licenciamento (CRLV-e), consulta de IPVA, serviços eleitorais, seguro-desemprego, Carteira de Trabalho, entre outros.