Estado libera R$ 647,8 milhões em obras e serviços para Guarulhos e Alto Tietê

O governador Rodrigo Garcia liberou nesta sexta-feira (24) R$ 647,8 milhões em obras e serviços para Guarulhos e Alto Tietê. Deste total, cerca de R$ 188 milhões serão destinados a obras de saneamento básico, que vão beneficiar mais de 50 mil habitantes da região.

“Vocês sabem o esforço que nós estamos realizando para aumentar o nível de tratamento do esgoto da região do Alto Tietê. A Sabesp tem sido bem-sucedida nessas obras. Nós já afastamos as questões de racionamento de água aqui na cidade e, agora, em um esforço conjunto com a prefeitura, avançamos em várias obras na região e também em Guarulhos”, disse Rodrigo Garcia.

A instalação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Sistema Cabuçu tem previsão de início em julho deste ano, com término em 2024. Com investimentos de R$ 36,2 milhões, a ETE vai beneficiar 21 mil habitantes dos bairros Cabuçu, Recreio São Jorge e entorno.

Foram iniciadas também as obras para implantação do coletor-tronco de esgoto Ponte Grande e Itapegica, que vão beneficiar 39 mil habitantes e onde serão investidos R$ 112 milhões, com previsão de conclusão em 2025. A implantação da Estação de Tratamento do Sistema Jardim Fortaleza também será iniciada em julho de 2022. A previsão é que a obra seja concluída em 2024 e receba investimentos de cerca de 37 milhões.

Na região do Alto Tietê, foi autorizado o início das obras da rede de distribuição de água em Suzano, no Jardim Novo Horizonte/Guinza, Recreio Rio Bonito e Caulim. Serão implantados 15,14 quilômetros de redes de distribuição e cerca de 820 ligações de água na região de Palmeiras. As obras, que vão beneficiar mais de 3,2 mil pessoas, terão investimentos de R$ 2,8 milhões, com término previsto para dezembro de 2023.

Em Suzano também terão obras para a implantação de 3,72 quilômetros da rede coletora de esgoto no Jardim Brasil. As obras vão beneficiar cerca de 500 habitantes e a previsão é que sejam concluídas em julho de 2023.

Na ocasião, o governador liberou ainda o início de mais três obras de recuperação e modernização de estradas, com investimento de R$ 34,2 milhões. Em Mogi das Cruzes, as obras terão um investimento de R$ 11,9 milhões e serão realizadas em 6,7 quilômetros da Estrada do Sabaúna, que liga o bairro de Vila Suíça ao bairro de Sabaúna. Com R$ 22,3 milhões, serão realizadas obras em 4,5 quilômetros na Estrada do Serrote, em Salesópolis, e em 5,6 quilômetros da Estrada Mário Alves Pereira, em Guararema.

Habitação

O Governo de São Paulo autorizou a implantação da segunda etapa do projeto de urbanização, regularização fundiária e recuperação ambiental de assentamento localizado no bairro Pimentas, em Guarulhos, um investimento de R$ 35,4 milhões. Com investimento de R$ 124,8 milhões, será liberada a abertura de licitações para construção de 624 apartamentos e urbanização de uma área de 99,7 mil m² da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), beneficiando 457 lotes existentes no local com obras de infraestrutura e titulação de moradias.

O município também será beneficiado pelo Programa Viver Melhor, com ações de urbanização em área ocupada por 457 famílias, cujas moradias serão contempladas com obras de interligação de água e esgoto, pavimentação, drenagem e canalização de 291 metros de córregos. O investimento é de R$ 6,7 milhões.

Infraestrutura urbana, viária e turística

Durante o evento, o governador também liberou R$ 219 milhões para melhorias de infraestrutura urbana para os municípios de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano. Entre os serviços que serão realizados estão obras de pavimentação e recapeamento asfáltico de vias municipais, construção de calçadas acessíveis, reforma de praças e unidades de saúde e construção de Centro de Saúde e Centros de Convivência.

O Detran.SP vai destinar R$ 23,5 milhões para intervenções viárias em todos os municípios da região de Guarulhos, por meio do Programa Respeito à Vida. As obras de melhorias serão executadas em parceria com a CDHU.

Para a realização de obras e melhorias de infraestrutura turística serão destinados R$ 4,7 milhões, por meio da celebração de novos convênios com os municípios de interesse turístico de Guararema, Mogi das Cruzes, Poá e Santa Izabel, e com a estância turística de Salesópolis, onde terá o início das obras de revitalização do Largo do Mercado Municipal e a adequação da área de convivência. O investimento é de R$ 1,8 milhão.

O governador também assinou um protocolo de intenção para elaboração do projeto executivo da alça de ligação do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas com o Aeroporto Internacional de Guarulhos, com previsão de acesso ao município de Guarulhos por meio das vias marginais. No documento também consta a intenção para a construção do viaduto da Avenida Candea anteriormente à implantação da alça dessa ligação do Trecho Norte do Rodoanel, garantindo que não haja interrupção do eixo viário estrutural durante as obras de implantação da referida alça.

Educação

Para a área da Educação na região do Alto Tietê, serão destinados R$ 7,7 milhões. Em Suzano, haverá a ampliação da Escola Municipal Damásio Ferreira dos Santos, um investimento de R$ 313 mil, por meio do Plano de Ações Integradas do Estado de São Paulo (Painsp). Também serão cobertas sete quadras esportivas de escolas estaduais, no valor de R$ 6,3 milhões. Para a reforma da Escola Estadual Capitão Aviador Sandi Miyakea, em Guarulhos, serão investidos R$ 1,1 milhão por meio da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE).

Desenvolvimento social

O governador liberou R$ 2 milhões para viabilizar três Casas Terapêuticas para o município de Guarulhos. Com isso, o Programa Recomeço irá ampliar o atendimento de mais 45 pessoas dependentes químicas na Região Metropolitana. Deste total, R$ 160 mil serão para reparos nos imóveis e R$ 1,8 milhão para custear as casas com contas mensais e viabilização de profissionais da área de assistência social.

Rodrigo Garcia lançou, durante o evento, o projeto Cidadania Itinerante, da Secretaria da Justiça e Cidadania. A iniciativa tem o objetivo de descentralizar a atuação das Coordenações, Programas e Serviços da Secretaria, concentrados na capital e na Região Metropolitana, para levar atendimento às populações quilombolas, ribeirinhas, assentamentos e comunidades vulneráveis, viabilizando o acesso à justiça e à cidadania. Serão três unidades móveis (um ônibus e duas vans) para a prestação dos serviços. Estima-se 60,4 mil atendimentos durante 12 meses de contrato.

Único jornal diário gratuito no metrô